quarta-feira, 4 de março de 2009

QUANDO O "ASA NEGRA" NOS QUIS TRAMAR !

Equipa de Andebol do AB4 - 1971
Julgo que foi em 1972, nas comemorações do dia do Movimento Nacional Feminino.
Este movimento promoveu no Ringue de HC, um encontro de andebol e outro de futebol de salão, entre o AB4 e o Batalhão. 
Foi acontecimento domingueiro e estiveram presentes as chamadas "forças vivas". Até aqui tudo normal, só que alguém mais "letrado", da equipa de andebol, sugere: - pessoal, hoje vamos fazer algo diferente, vamos entrar em campo e no círculo central vamos fazer a saudação á assistência! (com punho fechado ?) 
Assim foi, o jogo foi feito, o resultado (?), o prémio de presença (cachet) foram praí 10 garrafas de Whisky oferta do MNF, que somadas a outras tantas da equipa de futebol de salão, foram ao fim da tarde destroçadas no clube, julgo, que com mais algumas oferecidas pelo Simão "o girente" do Clube. 
Escusado será dizer, que deste encontro no clube resultaram muitas "cabras" , coisa normal!!!!!
A semana seguinte na Base decorria normalmente, quando somos informados de que tinha chegado ao comando uma participação do ASA NEGRA contra a equipa de andebol, porque tínhamos feito no referido jogo, a saudação do "poder negro" ... se calhar até fizemos!
Esse grande "democrata", conforme se veio a verificar após o 25 de Abril, e de quem alguns sofreram na pele incluindo pilotos, para não falar nos "desgraçados" do Batalhão, tinha acordado e pensado: ai os espertinhos da Base ! Vou tramá-los !
A coisa começa a ficar feia! Logicamente ninguém se descose, ninguém sabe de nada, apesar de se constar de que iríamos ser inquiridos pela DGS. Entretanto e felizmente, outras "forças" vieram em nossa ajuda e o assunto acabou por ser arquivado.
Do resumo da contenda, sobraram para além das referidas "cabras", o susto, a solidariedade e a saborosa "vitória" ante o famoso Asa Negra.
A.Neves, A.Braga e Simão "Pastando as Cabras" .
A. Neves

Sem comentários:

Enviar um comentário